segunda-feira, 17 de março de 2008

Evangélicos crescem 8% ao ano contra 0,3% dos católicos. Esperamos que tal crescimento não seja apenas quantitativo, mas com qualidade


Segundo o IBGE, o crescimento anual dos evangélicos é de 8%, enquanto do catolicismo cresce no mesmo período 0,3%. Se esse percentual permanecer assim, nos próximos 15 anos, os evangélicos será maioria no país.

O segundo grupo que mais cresce no país é o dos sem religião, com crescimento anual de 6% na última década.

Os sem religião eram 4,8% da população brasileira. Hoje são 7,3%, cerca de 12 milhões. Sendo que, como informamos na edição passada, os sem religião não são todos os ateus.

Entre eles há agnósticos, secularistas, céticos e até quem acredita em Deus, mas não pratica nenhuma religião. Isso porque o IBGE não pergunta aos entrevistados se eles são ateus ou não. Por isso, os especialistas calculam que ateus mesmo na Brasil seriam apenas 2% da população. Ou seja, mas de 70% dos sem religião em nosso país são pessoas que, mesmo não professando nenhuma religião, afirmam crer em Deus.

O grupo formado por outras religiões – que compreende kardecistas, umbanda, candomblé, judaísmo, islamismo, budismo, religiões orientais, entre outros – são atualmente 3,6% da população, aproximadamente 6 milhões de brasileiros.

Fonte: Jornal Mensageiro da Paz – março de 2008 (extraído do texto “com mais 30 milhões, evangélicos completam 200 anos no Brasil)

Abaixo o código para colar este Post em seu Blog

Reações:

0 comentários: